Roberto Firmino – Perfil do Instagram, biografia e mais

Siga no Instagram

Roberto Firmino é um futebolista brasileiro que joga pelo time da Premier League inglesa ‘Liverpool’ e pela seleção brasileira de futebol. Nascido e criado em Alagoas, Roberto cresceu em uma localidade pobre e infestada de crimes. Seus pais fizeram o possível para manter o filho longe da má influência do bairro. Em meio a tudo isso, Roberto desenvolveu uma paixão pelo futebol. Aos 17 anos ingressou na equipe de juniores do Figueirense e estreou profissionalmente em 2009 jogando pelo Toninho.

Em 2010, ele assinou um contrato de cinco anos com o clube alemão Hoffenheim e em junho de 2015, ele foi finalmente transferido para o Liverpool. Ele é um dos melhores jovens jogadores a surgir no cenário internacional do futebol na virada do século. Jogando pelo Hoffenheim na Bundesliga, ele marcou 16 gols em uma única temporada em 2013-14. Ele estreou na seleção em novembro de 2014 e teve um grande papel na grande campanha de sua equipe na Copa América de 2015.

Vida pessoal

Roberto Firmino é um homem casado. Ele se casou com Larissa Pereira em junho de 2017 em sua cidade natal. O casal tem duas filhas.
A família de Roberto tem um histórico de pobreza e através de sua dedicação e trabalho, ele tirou sua família de suas misérias financeiras.
Apesar de ser um louco por fitness, Roberto teve um desentendimento com a lei devido aos seus hábitos de bebida. Em dezembro de 2016, ele foi preso por dirigir embriagado em Liverpool e só conseguiu fugir depois de pagar uma multa enorme.
Ele é muito popular entre seus companheiros de equipe do Liverpool e torcedores dos clubes e é carinhosamente chamado de ‘Bobby’.

Vida pregressa

Roberto Firmino nasceu em Marceio, Alagoas, em 2 de outubro de 1991, filho de José Roberto e Mariana Cícero em uma família muito pobre. Seus pais viviam em uma cidade sombria cercada por elementos criminosos e tiveram que se esforçar muito para manter Roberto longe de más influências. Sua mãe não permitiu que Roberto saísse de casa até que ele tivesse idade suficiente para se cuidar.
Seu pai tinha um negócio de venda de garrafas de água e Roberto trabalhava com seu pai. Essa era a única fonte de renda para a família e era muito difícil para eles ganhar uma vida decente com essa escassa renda. Roberto não mostrou nenhum interesse nos negócios da família e só queria jogar futebol. Ele foi viciado no esporte desde os seis anos de idade. Apesar de seus pais o vigiarem de perto, ele encontraria maneiras de escapar.

Segundo sua mãe, “Roberto acordava mais cedo do que todo mundo e saía de fininho sem dar um pio”. Somente depois que seus vizinhos começaram a apreciar suas habilidades no futebol, os pais de Roberto permitiram que ele saísse para jogar futebol. Todos na vizinhança o admiravam e a família ficou esperançosa de que ele seria o único a melhorar suas vidas.

Ingressou na base do Clube de Regatas Brasil aos treze anos e a partir daí aprendeu todos os truques essenciais do futebol profissional. No final da adolescência, ele foi flagrado por um dentista que o convidou para jogar pelo clube de futebol brasileiro ‘Figueirense’ e este foi o início de uma nova fase em sua vida.

Carreira

Apesar de hoje ser conhecido como um avançado inventivo, quando começou no Figueirense, jogava como médio-defensivo. Ele fez sua estréia pelo clube em 2009 como jogador substituto e seu clube perdeu para a Ponte Preta no jogo de futebol brasileiro da segunda divisão.

Ele fez um retorno sólido na próxima temporada e marcou oito gols nos 36 jogos que disputou em campo. Isso desempenhou um papel importante em seu clube chegar à série A. O Hoffenheim 1899 da Alemanha foi um dos poucos clubes europeus que manteve um olho sólido em novos talentos brasileiros e seus olhos caíram nas estatísticas de Roberto, o que os impressionou e ele foi contratado.
Em dezembro de 2010, a jornada de Roberto com o clube alemão da Bundesliga começou com um contrato de cinco anos. A janela de transferências de janeiro de 2011 oficializou sua mudança para o cenário do futebol europeu e o técnico da equipe, Ernst Tanner, já estava maravilhado com o novo talento brasileiro que havia entrado em seu time.

Em abril de 2011, Roberto marcou seu primeiro gol contra o Eintracht Frankfurt e teve um impacto ainda mais sólido ao marcar três gols nos primeiros 11 jogos. No final da temporada 2011-12, apesar de passar menos tempo em campo, Roberto acabou marcando sete gols, o que não foi pouca coisa. Isso levou a um pouco mais de crescimento em sua fama na Alemanha.

Um castelo ainda estava para ser conquistado, que era a Premier League inglesa, o torneio de futebol mais seguido do mundo. Na temporada 2013-14, jogando pelo seu clube alemão, Roberto marcou 22 gols em 37 jogos, com 16 gols na Bundesliga, em que jogou. Seu desempenho trouxe considerável interesse para Roberto nas equipes da Premier League. No final da temporada, Roberto acabou ganhando o prêmio de Melhor Jogador da Temporada.

Ele também foi convidado pelo clube russo Lokomotiv Moscou, mas Roberto decidiu ficar com o Hoffenheim e estendeu seu contrato com eles por mais três anos em 2014. Mas apesar da assinatura do contrato, 2014-15 provou ser sua última temporada com o alemão Club enquanto coisas maiores o esperavam.

Ele estava jogando na Copa América quando o acordo aconteceu entre Liverpool e Hoffenheim por 29 milhões de libras. O negócio aconteceu em meados de 2015 e em julho daquele ano, sua transferência foi oficializada com a entrega de uma camisa 11 a Roberto.
Ele fez sua estreia pelo Liverpool na temporada 2015-16 contra o Stoke City, na qual seu time roubou uma vitória. Apesar de ter sido comprado por uma quantia gigantesca, o técnico do Liverpool decidiu usar Roberto apenas como jogador substituto nos primeiros cinco jogos. Jurgen Klopp substituiu Brendan Rogers como treinador e bem ciente das habilidades de Roberto, ele o empurrou para jogar.

A atuação de Roberto em campo superou todas as expectativas e ele emergiu como um dos artilheiros do time do Liverpool. Para janeiro de 2016, ele foi eleito o jogador do mês devido aos seus 4 gols em 5 jogos.

Ele terminou a temporada 2015-16 sendo o melhor artilheiro do Liverpool com 10 gols na Premier League. Seu desempenho só melhorou na temporada seguinte, onde acabou marcando 11 gols e teve um papel importante em sua equipe garantindo um lugar entre os quatro melhores times do campeonato. Na temporada 2017-18, seu desempenho se ampliou ainda mais e seu time se tornou o primeiro time na história da Premier League a vencer quatro partidas consecutivas com pelo menos três gols de margem.

Em outubro de 2014, seu sonho de jogar pela seleção nacional se tornou realidade quando foi convocado para um amistoso contra a Turquia e marcou seu primeiro gol contra a Áustria no segundo amistoso.

Siga no facebook

Siga no Twitter

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.